Do básico ao mais difícil: como matemática será cobrada no Enem 2021?

Muitos alunos estão com medo da prova de matemática do Enem 2021. Bom, já é hora de perder o medo, não é?

A prova de matemática do Enem tem 45 perguntas e pelo menos 50% delas não exige mais do que conhecimentos de matemática básica. E mesmo as questões mais difíceis podem ser simplificadas com a preparação correta.

O maior desafio na matemática é interpretar corretamente o enunciado e identificar o tema e o processo de resolução. São poucas as questões que, depois disso, ainda têm contas SUPER complicadas para serem resolvidas com papel e caneta.

Você vai se deparar sempre com muitos gráficos, tabelas, esquemas e infográficos que vão te ajudar (ou atrapalhar, se não estiver preparado) a interpretar o que o enunciado pede e direcionar seu raciocínio matemático.

Então que tal se a partir de agora, em lugar de sofrer com medo da prova de matemática do Enem 2021 ser difícil, você acompanhar com a gente os temas mais fáceis e mais difíceis que a prova pode ter e começar a estudar com mais foco?

O básico: 5 temas mais fáceis no Enem

A gente vai explicar mais pra frente, mas desde agora você já tem que saber que as questões fáceis são muito importantes para a sua nota final. Na hora de organizar seu cronograma de estudos, esses são os temas que você deve focar para mandar bem nas perguntas fáceis:

1. Sólidos geométricos: planificação

Questões com sólidos geométricos e planificação são muito comuns no Enem. Quem nunca viu uma questão que pede para descobrir que face de um cubo desmontado fica na frente da face B (por exemplo) quando ele for montado?

Parece uma pergunta boba, mas muita gente acaba não prestando atenção e caindo em pegadinhas nas questões de sólidos geométricos. Estude bem os conceitos de vértice, aresta e faces para não errar atoa.

2. Grandezas diretamente ou inversamente proporcionais

São questões simples de proporção. Dizer que grandezas são diretamente proporcionais é o mesmo que dizer que se uma aumenta em y vezes, a outra vai aumentar em y vezes. Já as  inversamente proporcionais seguem o oposto, se uma grandeza aumenta y vezes, a outra diminui y vezes.

Quer exemplos para entender melhor? A gente te dá.

Um exemplo de grandezas inversamente proporcionais são os automóveis. Quanto mais rápido você dirigir seu carro, menor será o tempo para chegar ao seu destino. Já para grandezas diretamente proporcionais, vamos à culinária: quanto mais arroz você tiver que cozinhar, maior precisa ser a panela, certo?

Na maioria das vezes, basta uma regra de três, aquela multiplicação cruzada e super simples, para chegar ao resultado. O importante é sempre ter muita atenção ao que está escrito na pergunta.

3. Cone

Entre os muitos sólidos geométricos que existem, um dos favoritos do Enem é o cone, ele sempre acaba aparecendo. Quando aparecem, geralmente, é em questões que pedem para calcular seu volume, área ou altura. 

Que tal praticar esses cálculos?

4. Probabilidade

Outra queridinha do Enem é a probabilidade, que ajuda a descobrir as chances de que fenômenos aleatórios aconteçam com base em uma previsão de resultado.

Já ouviu falar em pessoas que contam cartas nos cassinos em Las Vegas? Pois é, são os mestres da probabilidade.

Na prova de matemática a probabilidade é usada nas perguntas que te oferecem vários resultados possíveis e te pedem pra dizer qual a chance de que o resultado seja um em específico.

Você já deve ter visto uma pergunta que quer saber a possibilidade de que saia o número 2 na primeira vez que você lança um dado de 6 faces, certo? (Para você saber, a chance aqui é 1/6). 

5. Estatística

O último tema entre os fáceis que você pode esperar no Enem 2021 é estatística. Essa área da matemática interpreta números em um conjunto de resultados que foram coletados.

Para estudar estatísticas, dê especial atenção aos cálculos de médias, medianas e de medidas padrão.

O difícil: 5 temas mais complicados que podem aparecer no Enem 2021

Agora que você já sabe o que estudar para as questões mais fáceis do Enem, vamos ver os temas que mais caem em questões mais difíceis da prova de matemática.

1. Conjuntos numéricos

Existem conjuntos numéricos na matemática:

  • Naturais (N);
  • Inteiros (Z);
  • Racionais (Q);
  • Irracionais (I).

Esse é um tema que além de ter questões próprias, ainda aparece em outras perguntas, como quando o enunciado diz que o resultado de uma equação deve ser parte do conjunto dos naturais.

Por isso você precisa lembrar que: 

  • Naturais: é composto de números inteiros e positivos. ( 1, 2, 3, 4, 5)
  • Inteiros: podem ser números positivos e negativos. (-3, -2, -1, 0, 1, 2, 3)
  • Racionais: podem representados por uma fração. (1/2 que é igual a 0,5)
  • Irracionais: não podem ser representados por uma frações. (√2)

2. Conversão de unidades de comprimento, massa e tempo

Conversão de unidades de medida dão trabalho tanto na prova específica de matemática quanto na de física. 

Estude bem os prefixos deca, cento, mili e quilo e decore bem a ordem crescente deles.

Para converter comprimento e massa, o que você precisa fazer é multiplicar por dez, se a medida decrescente, ou dividir por dez se for crescente.

Para medidas de tempo, o processo é mais ou menos o mesmo: multiplicar por 60 se for decrescente ou dividir por 60 se for crescente.

3. Teorema de Pitágoras 

Já ouviu dizer que a soma dos quadrados dos catetos é igual ao quadrado da hipotenusa? Pois é, esse é o Teorema de Pitágoras e aparece muito em questões pedindo para relacionar medidas de arestas do triângulo retângulo.

Os triângulos retângulos são aqueles que possuem um ângulo de 90º. As duas arestas que se unem no ponto dos 90º são os catetos  e a aresta que fica de frente com o ângulo é a hipotenusa.

O teorema é representado por uma fórmula:

c² = b²+a²

4. Geometria analítica: ponto e reta

Precisa descobrir o tamanho de formas geométricas e a questão te deu um plano cartesiano? É hora de colocar os pontinhos no plano, ligar cada um deles e calcular. Bem vindo à geometria analítica, mais um tema que aparece em questões mais difíceis do Enem.

Sua missão aqui? Aprender a inserir e interpretar as informações do plano cartesiano para descobrir as medidas de lados e áreas de formas geométricas. É isso que a prova vai te pedir e interpretar pode ser o verdadeiro desafio.

5. Esfera

A esfera não é um círculo em que basta calcular diâmetro e raio, o que por si só já pode ser complicado. Ela é uma bola, uma imagem em 3D. Na hora da prova você precisa estar preparado para calcular também volume. O mais complicado, até as contas para diâmetro, área e raio mudam.

Que tal dar uma revisada nas esferas?

Os perigos de ignorar questões fáceis no Enem 2021

O Enem usa um sistema de correção chamado de TRI, ou Teoria de Resposta ao Item. Esse sistema observa probabilidade de chutar certo, poder de descriminação e grau de dificuldade das questões.

O que é mais importante para você saber sobre o TRI é: por essa avaliação diferenciada que ele faz, acertar questões fáceis pode ser muito mais importante que acertar questões difíceis.

Imagine: todos os alunos acertaram uma questão muito fácil da prova, menos você, que deixou ela para lá e chutou (errado) uma resposta qualquer. O sistema de avaliação entende que você tem déficits em conceitos básicos de matemática e isso pode derrubar sua nota.

Por isso, foque muito em estudar os principais temas sem desmerecer questões mais fáceis. Elas também são importantes!

Ainda não se sente preparado para a prova de matemática do Enem 2021? Que tal treinar a resolução de matemática dos temas que mais aparecem no Enem e nos vestibulares com a Ole?

Sobre o autor
Ole Educação

Ole Educação

A Olé é uma plataforma de tecnologia educacional que desenvolve projetos, baseados em comunicação, pesquisa, análise de dados e inteligência artificial. Somos formados pela a maior comunidade de edutubers (professores youtubers) do Brasil, com professores de renome que juntos contam com mais de 7 milhões de seguidores em suas plataformas digitais.

Posts Relacionados

Mostrar botões
Esconder botões