Mitose e meiose: o que você precisa saber para o Enem?

Mitose e meiose aparecem com frequência na parte de Biologia da prova do Enem. Ir bem nas questões exige saber bem o que é cada um desses conceitos e, mais importante, como diferenciar um do outro.

Podemos adiantar que mitose e meiose são os dois tipos de divisão celular que existem. Todo ser vivo é composto por uma infinita quantidade de células que morrem e são substituídas. Cada uma das células do nosso corpo possui uma estrutura, uma função específica e contém os materiais necessários para que o corpo funcione da forma correta.

É por causa das células que somos capazes de respirar, ter energia, nos nutrir e nos reproduzir, entre tantas outras coisas. Por isso, entender como essas células surgem e se dividem para se multiplicar é essencial para entender como nosso organismo funciona.

Não é atoa que mitose e meiose sejam temas tão importantes e ganham seu espaço entre as questões de provas do Enem e de tantos vestibulares no país.

Acompanhe o texto para descobrir o que, exatamente, é a mitose e a meiose e como diferenciar esses dois tipos de divisão celular.

Mitose: o que é?

A mitose é a divisão responsável pelo nosso crescimento. É por meio dela que as células se multiplicam formando órgãos, tecidos e permitindo o desenvolvimento do organismo, de suas estruturas e a reposição das células.

Para a meiose, a célula comum, que chamamos de uma célula diplóide (2n), duplica seus cromossomos, para depois se dividir em duas células-filhas. Esse segundo conjunto de cromossomos, com o mesmo número que existia na célula original, ou célula-mãe, é chamado de ploidia.

O processo de duplicação é essencial para a mitose, já que só assim é possível gerar duas células iguais à célula-mãe. Existem cinco fases principais na divisão por mitose:

  • Interfase
  • Prófase
  • Metáfase
  • Anáfase
  • Telófase

A duplicação dos cromossomos que formam a célula diplóide acontece na Interfase.

É importante lembrar que o processo de mitose nunca acaba. Uma vez que a célula chega na última fase, a Telófase e as duas células-filhas se separam, o processo recomeça em cada uma delas.

O que é meiose?

O processo de divisão por meiose acontece no corpo humano para formar não novas células, mas gametas. Isso significa que a meiose ocorre para formar espermatozóides e óvulos, células reprodutivas responsáveis por passar para uma nova vida os genes dos pais.

Na meiose, em lugar de se dividir em duas células-filhas idênticas, a célula-mãe se divide em 4 novas células. Cada uma dessas novas células, como o próprio nome da divisão sugere, têm metade do número de cromossomos da célula-mãe.

Você se lembra que dissemos que as células comuns são chamadas de diplóides (2n)? Elas são chamadas assim por terem cromossomos organizados em pares. Na meiose, como são formadas células com a metade dos cromossomos, eles não se organizam em pares. Por isso, essas células são chamadas de haplóides (n).

Diferente da Mitose, que possui apenas 5 fases de divisão celular, a meiose possui 8. Na verdade, são duas etapas, uma depois da outra e que se complementam para que a divisão celular aconteça de forma correta: meiose I e meiose II.

Na meiose I temos as fases:

  • Prófase I
  • Metáfase I
  • Anáfase I
  • Telófase I

Durante essas fases ocorre o que é chamado de etapa reducional, ou seja, a célula-mãe reduz o número de cromossomos que possui pela metade, se tornando uma célula haplóide.

Na sequência, vem a meiose II, com as fases:

  • Prófase II
  • Metáfase II
  • Anáfase II
  • Telófase II

É a chamada etapa equacional, em que a célula-mãe haplóide se divide em outras 4 células haplóides, exatamente iguais a ela. 

A combinação de meiose e mitose para a formação de novas vidas

É por meio da meiose que acontecem os processos de diversificação genética da reprodução, o primeiro passo para que uma vida seja formada é que o pai e a mãe tenham células que passam por meiose, ou seja, produzem óvulos e espermatozóides.

Já que a meiose produz gametas com metade dos cromossomos que um código genético necessita para definir traços físicos e para que células sejam formadas, o organismo sempre vai precisar unir dois gametas para formar células completas e desenvolver um novo ser.

É isso que acontece quando um óvulo e um espermatozóide, que são dois gametas, ou seja, duas células com metade dos cromossomos em cada uma, se encontram e a fecundação ocorre.

O material genético dos cromossomos do óvulo se combina com os do espermatozóide para formar uma célula diplóide (2n). Após a fecundação, a célula diplóide que essa combinação formou começa a se dividir por mitose para formar as células que fazem parte do corpo humano, se desenvolvendo com base nas características que o código genético combinado dos pais apresenta.

Assim, enquanto as células produzidas pela mitose vão permitir o desenvolvimento do sistema cardíaco, vascular, cerebral, o surgimento da pele e etc, a meiose foi a divisão que forneceu os cromossomos que vão definir sua altura, cor dos olhos, cor de cabelos, tom de pele e outras características.

Mitose e meiose ficaram mais claras?

Gostou da explicação? Compartilha com os amigos que ainda têm dificuldades! Aproveita para seguir o fio e estudar um pouco mais sobre células e seus componentes com nossos professores.

Sobre o autor
Ole Educação

Ole Educação

A Olé é uma plataforma de tecnologia educacional que desenvolve projetos, baseados em comunicação, pesquisa, análise de dados e inteligência artificial. Somos formados pela a maior comunidade de edutubers (professores youtubers) do Brasil, com professores de renome que juntos contam com mais de 7 milhões de seguidores em suas plataformas digitais.

Posts Relacionados

Mostrar botões
Esconder botões